Cinco ações de marketing que causaram impacto usando a realidade aumentada!

A aplicação de novas tecnologias vai muito além da criação e produção de gadgets, máquinas e produtos. A cada momento, surgem novos dispositivos que se tornam objetos de desejo e movimentam um mercado cada vez mais aquecido de pessoas que buscam estar em dia com as novidades.

Pensando exatamente neste público, as agências de publicidade se esmeram para criar ações que, não só apresentem estas novidades, como as usem em suas campanhas. Um dos recursos que vem sendo cada vez mais utilizado nos lançamentos de produtos promovendo a interação do consumidor através de computadores e smartphones é a realidade aumentada. E essa aplicação não é de hoje.

Separamos, então, para vocês cinco campanhas que fizeram uso do recurso com muito sucesso e abriram caminho para outras ações do gênero:

1. Doritos – Março/2010:

Um QR-Code gigante foi colocado no alto de um prédio de uma cidade americana. Um helicóptero, equipado com um leitor, produziu a imagem de um monstro gigante, apaixonado pelo biscoito, atacando a cidade. A ideia era que o consumidor libertasse os ‘monstrinhos’ dos pacotes de Doritos. Como eles mesmos chamaram, deve realmente ter sido a maior realidade aumentada do mundo!

2. Lego -Março/2010:

A Lego lançou uma série de produtos que traziam na caixa um leitor que, posicionado diante da câmera, mostrava não só o brinquedo montado, como também uma animação dos bonequinhos interagindo com o ambiente. Vai dizer que este não é o sonho de qualquer criança?

3. Volkswagen – Julho/2011:

Para o lançamento do novo Golf, a Volkswagen criou uma QR-Code para anúncios em revistas e um aplicativo para Android e iPhone que permitia ao usuário interagir com carro, trocar sua cor, ver a roda, girar e ainda tirar uma foto junto com o produto. O recurso ainda possibilitava que a foto fosse compartilhada no Facebook. Mesmo que o interessado não comprasse o carro, conseguia tirar uma onda.

4. Revista Esquire – Março/2012:

Quem melhor do que o ator Robert Downey Jr. para estrelar uma campanha publicitária high-tech? Após dar vida ao personagem Tony Stark, o Homem de Ferro dos quadrinhos, que além de ser palyboy também é um gênio da computação e manipula como ninguém a realidade aumentada, a revista americana Esquire não teve dúvidas e colocou o ator na capa promovendo uma nova maneira de ação comercial e de leitura da própria revista. O resultado, com certeza, seria aprovado pelo dono das Indústrias Stark.

5. Band-Aid – Maio/2012:

Pesquisas de consumo sempre revelam que crianças são um fator crucial para a decisão de compra numa família. Por isso, muitos comerciais de imobiliárias e carros trazem bichinhos e outros artifícios do gênero voltados para o público infantil. Bem, por que não, então, trazer esta linguagem para um produto voltado para o próprio público? Foi o que o Band-Aid fez e convidou os Muppets para estrelar uma linha de bandagens com realidade aumentada. É tão fofo que dá vontade até de se machucar só pra colocar um band-aid!

Estes são alguns exemplos de como a realidade aumentada aliada à criatividade pode fazer muito por uma campanha publicitária e por um produto. Se você lembra de outra ação ou produto que usou o recurso, conte para nós da eyllo, vamos adorar fazer uma nova edição deste post! ;-)

Comments are closed.