Tag Archive for privacidade

Top 5

 

Essas são as notícias que escolhemos esta semana para você. Confira:

Samsung supera Apple em vendas no segundo trimestre

A Samsung vendeu, entre abril e junho, 76 milhões de smartphones, o que representa 33% do mercado global. Já a Apple vendeu 31,2 milhões de iPhones, o equivale a 13,6% do mercado. Segundo informou a Forbes, a empresa americana superou as expectativas do mercado, mas ainda assim registrou queda em relação ao ano passado, quando sua participação era de 16,6%.

A Samsung também superou a Apple pela primeira vez em termos de lucratividade de sua divisão de smartphones. A sul-coreana lucrou US$ 5,2 bilhões no segundo trimestre, contra US$ 4,6 bilhões da Apple, que desde o terceiro trimestre de 2009 ocupava a liderança global no setor.

Fonte: Proxxima

 FILE NETHERLANDS ECONOMY APPLE SAMSUNG GALAXY TAB 10.1

 

Decreto antecipa para 2015 início do desligamento da TV analógica

Brasília – Foi publicado hoje (30) no Diário Oficial da União o decreto presidencial que antecipa de 2016 para 2015 o início do desligamento do sinal analógico da televisão aberta. Com isso, em vez de a transição da faixa de 700 mega-hertz (Mhz) para a telefonia móvel de quarta geração (4G) ser feita em única data, conforme estava previsto, passará a ser feita de forma escalonada.
De acordo com o cronograma estabelecido pelo Ministério das Comunicações, publicado hoje no decreto presidencial, a transição terá início em 1º de janeiro de 2015 e será encerrada em 31 de dezembro de 2018. A partir desta data, todos canais de TV aberta do país deverão transmitir com tecnologia digital.
Os últimos detalhes sobre o decreto foram acertados ontem (29) pela presidenta Dilma Rousseff e pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, conforme antecipou a Agência Brasil. A previsão é que o leilão desta faixa seja realizado em 2014.

Fonte: Agência Brasil

 

Brasil é o quinto país que mais baixa aplicativos para Android

O Brasil subiu duas posições e se tornou o quinto em número de downloads na Google Play Store; na App Store, o país não aparece entre cinco primeiros, e em ambas as lojas os Estados Unidos lideram o ranking.

O comparativo foi divulgado hoje pela consultoria App Anie. Sem especificar números, o relatório informa que a loja de aplicativos do Google superou pela primeira vez a da Apple ao registrar 10% mais downloads no segundo trimestre do ano. Em termos financeiros, no entanto, a App Store faturou 2,3 vezes mais que a rival.

Os aplicativos para games seguem sendo a principal fonte de renda para as duas plataformas, com média de 80% de contribuição. No iOS, os EUA foram os que mais gastaram com downloads, enquanto o Japão toma a dianteira nos serviços para Android.

Fonte: Olhar Digital

android

Snowden recebe asilo temporário da Rússia e deixa aeroporto, diz advogado

O ex-prestador de serviços da Agência Nacional de Segurança (NSA, sigla em inglês) Edward Snowden deixou a zona de trânsito do aeroporto de Moscou e entrou na Rússia depois que as autoridades do país garantiram a ele asilo temporário  por um ano, disse seu advogado nesta quinta-feira (1º).

Anatoly Kucherena disse que o paradeiro de Snowden será mantido em segredo por razões de segurança. O autor dos vazamentos de segredos da NSA estava na zona de trânsito do aeroporto Sheremetyevo, em Moscou, desde que havia chegado de Hong Kong em 23 de junho. “Ele agora é um dos homens mais procurados do mundo”, disse Kucherena no aeroporto. “A questão da segurança é muito importante para ele.”

Snowden disse nesta quinta que a decisão da Rússia é uma vitória do regime da lei, agradecendo a Moscou e acusando o governo dos EUA de desrespeitar as leis internacionais. “Nas últimas oito semanas vimos o governo Obama não mostrar nenhum respeito pela lei internacional e interna, mas no final a lei está vencendo. Agradeço à Federação Russa por conceder o asilo”, disse em comunicado divulgado pelo WikiLeaks.

Fonte: Último Segundo

 

80 coisas são conectadas à internet a cada segundo

A Cisco lançou na última segunda-feira (29) um contador que indica o número de objetos que se conectam à internet de alguma forma. Até o momento, já são mais de 10 bilhões de pessoas, processos e máquinas que utilizam a rede mundial de computadores, número que cresce em ritmo constante.

Cálculos feitos pela empresa indicam que, a cada segundo, pelo menos 80 novas “coisas” são conectadas à internet. Em 2014, esse número deve saltar para 100, chegando a 250 até o ano de 2020. “Somando todos esses números, acreditamos que 50 bilhões de objetos estarão conectados até 2020”, afirma a executiva Karen Tillman.

Entre os itens considerados pela companhia estão dispositivos móveis, parquímetros, termostatos, monitores cardíacos, estradas, prateleiras de supermercados e até mesmo gado. “A lista é infindável e fica cada vez mais longa e interessante. Isso literalmente é um processo que ocorre a cada segundo”, declarou Tillman.

Fonte: TecMundo

 

Top 5

 

Espionagem: Dilma diz que não concorda com ‘interferências’ de outros países

A presidente Dilma Rousseff disse na última segunda-feira (8) não concordar com “interferências” de outros países sobre o Brasil, ao comentar a recente revelação de que os Estados Unidos mantinham em Brasília uma base para coleta de dados enviados via satélite.

Após evento no Palácio do Planalto, a presidente disse que é preciso apurar se, de fato, houve participação de outros países e de empresas estrangeiras na suspeita de espionagem e que não deve haver pré-julgamento.

“Se houver participação de outros países, de outras empresas que não as brasileiras, seguramente é violação de soberania e de direitos humanos. Mas temos que ver sem precipitação, sem pré-julgamento. Agora, a posição do Brasil nessa questão é muito clara e muito firme. Nós não concordamos de maneira alguma com interferências dessa ordem, não só no Brasil como em qualquer outro país”, afirmou.

 

snowden

Fonte: G1

 

América Latina prepara declaração de repúdio à Espionagem

Brasília – Os presidentes latino-americanos preparam para amanhã (12) a formalização de um documento em que repudiam o monitoramento, pelos Estados Unidos, de dados na internet e telefonemas de cidadãos da América Latina. Inicialmente, a ideia é que a declaração apresente a preocupação com as denúncias de espionagem, a gravidade que elas representam e o fato de serem inaceitáveis. Além do Brasil, a Colômbia, o México, Equador e a Argentina se manifestaram sobre o assunto, condenando o monitoramento externo de informações de cidadãos.

O tema será abordado na Cúpula do Mercosul, em Montevidéu, no Uruguai, hoje (11) e amanhã. Mas antes, os chanceleres do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Venezuela) – o Paraguai está suspenso temporariamente – e da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) se reúnem hoje para definir os termos do documento. O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, ressaltou que o tom do documento será coerente com as premissas da política externa brasileira.

Ao ser perguntado se o governo do Brasil pretende elevar as críticas e reações aos Estados Unidos, como fizeram alguns países da região, o chanceler disse que os brasileiros têm uma posição bem definida. “O Brasil ouve [os demais países], mas não costuma seguir. O Brasil formula suas próprias posições de acordo com os interesses nacionais e com a política externa brasileira”, destacou.
Fonte: INFO

 

Número de internautas no Brasil ultrapassa 100 milhões, segundo Ibope

O número de pessoas com acesso à internet no Brasil ultrapassou pela primeira vez a casa dos 100 milhões, segundo estudo divulgado nesta quarta-feira (10) pelo Ibope Media. Os dados referentes ao primeiro trimestre de 2013 indicam que o país tem 102,3 milhões de internautas.

O crescimento foi de 9% se considerados os 94,2 milhões de usuários registrados no terceiro trimestre de 2012. O comparativo se refere a este período de 2012, pois foi a partir dele que o instituto passou a considerar crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anos.
Agora, o levantamento inclui pessoas de 16 anos ou mais com acesso em qualquer ambiente (domicílios, trabalho, escolas, LAN houses e outros), além de crianças e adolescentes (de 2 a 15 anos de idade) com acesso em casa.
Se consideradas as pessoas com acesso em casa ou no trabalho, somente em abril de 2013, o número fica em 72,7 milhões. Durante o mesmo período, o número de usuários ativos (que efetivamente usaram a web) em um desses dois ambientes ficou em 53,7 milhões.
Fonte: Uol Tecnologia

 

Em meio a crise econômica, vendas de PCs caem 11,4% no mundo

Economia mundial fraca, falta de componentes, demanda lenta pelo Windows 8 e a popularidade contribuiram para outra queda de dois digitos no mercado global de PCs no segundo trimestre deste ano.

Os envios de PCs entre abril e junho de 2013 totalizaram 75,6 milhões de unidades, número 11,4% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado, segundo informações divulgadas nesta semana pela consultoria IDC.

Os números em questão incluem vendas de computadores desktop, laptop, mini-notebook e estações de trabalhos, e deixam de fora os tablets, como o iPad.
Se há alguma notícia boa nesses dados, é que a queda foi um pouco menos pior do que o declínio de 11,7% previsto inicialmente pela IDC, apesar disso não confortar muito os fabricantes de PC.

Todas as cinco principais empresas do ramo venderam menos PCs no mundo neste trimestre do que haviam feito nos mesmos três meses de 2012, apesar de algumas delas terem aumentado sua fatia de mercado em relação aos rivais.

 

PC

Fonte: IDGNow

 

Samsung supera Apple no ranking das 500 maiores empresas da revista Fortune

A batalha entre Apple e Samsung ganhou um novo round e dessa vez não foi nos tribunais. A Samsung superou a Apple no ranking das 500 maiores empresas do mundo da revista Fortune, publicado nesta segunda-feira (8), com receita de US$ 178,6 bilhões (R$ 403,7 bilhões) no último ano e ficando na 14ª posição, enquanto a Maçã ficou em 19º lugar com receita de US$ 156,5 bilhões (R$ 353,7 bilhões).

A empresa sul-coreana subiu seis posições em comparação ao ranking do ano anterior, quando estava na 20ª colocação com receita anual de US$ 149 bilhões (R$ 336,8 bilhões). A Apple também conquistou algumas posições, pois em 2012 ficou no 55º lugar com receita de US$ 108 bilhões (R$ 244 bilhões).

Com base nesse cenário de escalada das duas empresas, não é de se duvidar que elas alcancem o topo do ranking em breve. Na lista de 2013, a liderança ficou por conta da Royal Dutch Shell com receita de US$ 481,7 bilhões (R$ 1,08 trilhão), seguida, respectivamente, por Wal-Mart Stores com US$ 469,2 bilhões (R$ 1,06 trilhão), Exxon Mobil com US$ 449,9 bilhões (R$ 1,01 trilhão), Sinopec Group com US$ 428,2 bilhões (R$ 967,9 bilhões) e China National Petroleum com receita de US$ 408,6 bilhões (R$ 923,6 bilhões).

Fonte: CanalTech

Top 5

 

Brasil lidera ranking dos usuários que mais utilizam redes sociais em smartphones

A conexão entre brasileiros e redes sociais é grande. A utilização e o consumo de smartphones também. Entretanto a combinação entre os dois pontos é ainda maior. Este é o resultado da pesquisa “Consumidor Móvel 2013” realizada pela Nielsen. O estudo foi feito entre os meses de abril e maio de 2013, e no Brasil ouviu mais de duas mil pessoas. O resultado obtido aponta que para 75% dos brasileiros, a principal função do smartphone é acessar as redes sociais, ultrapassando mercados como Rússia (59%), Índia (26%), China (62%) e até mesmo os Estados Unidos (63%).

Segundo Thiago Moreira, diretor de Telecom da Nielsen, o Brasil já possuía este destaque pela sua expressiva participação nas redes sociais, portanto este efeito foi replicado no mundo móvel “Esta plataforma é para alguns, uma extensão da conexão à internet, e para outros, o seu único ponto de contato com o mundo digital.”, explica o diretor.

Além disso, a pesquisa mostra que em termos de aplicativos, 68% dos brasileiros baixam apps de jogos, 67% de redes sociais, 51% de navegação de mapas e pesquisas e 49% de vídeos.

smartphones

Fonte: proxxima

 

Na Copa das Confederações, 14% dos dados móveis usaram rede 4G

Durante a Copa das Confederações, os torcedores que foram aos 16 jogos realizaram 1,7 milhão de ligações telefônicas, segundo informações do SindiTelebrasil (sindicato das empresas de telefonia do Brasil).

Com público total de 761 mil torcedores, a competição teve média de 2,23 ligações por pessoa. O evento marcou o primeiro teste para a recém-implantada banda larga de quarta geração (4G), que entrou em operação no país no dia 30 de abril. Do total, 14% do tráfego de dados utilizou a tecnologia, totalizando 650 mil envios.

De acordo com o SindiTelebrasil, foram feitas mais de 4,6 milhões de comunicações de dados. Entre e-mails, fotos e mensagens multimídia enviadas, o tamanho médio chegou a 0,5 MB (megabyte).

Na final, em que o Brasil derrotou a Espanha por 3 a 0, foram completadas 162 mil ligações. Segundo a entidade, às 17h e às 18h houve pico de chamadas. A capacidade estimada pelas operadoras para ligações no Maracanã é de 46,9 mil chamadas por hora.

Durante a partida, o tráfego ficou concentrado no 3G. Entre 17h e 21h de domingo (30), foram feitas 495 mil comunicações pela internet, das quais 88 mil já utilizaram o 4G. A infraestrutura do estádio comporta até 14 mil envios simultâneos pelo 3G e 9,8 mil, pelo 4G.

Fonte: G1

 

Tecnologia movimentará US$ 3,7 trilhões este ano, prevê estudo

Consumidores, empresas e governos deverão gastar US$ 3,7 trihões com tecnologia em 2013, prevê nesta terça-feira, 2, a consultoria Gartner. O valor seria 2% maior que o registrado em 2012.

No mês passado, a consultoria havia calculado alta de 4,1% para o setor, que teve de ser revisada esta semana para 3,5% em função da oscilação do mercado.

Como esperado, smartphones e tablets devem ser os grandes protagonistas. O Gartner prevê crescimento de 2,8% para o segmento de dispositivos, que deverá movimentar em torno de US$ 700 bilhões.

Seguindo a tendência de anos, os PCs devem novamente amargar perdas. No entanto, segundo o estudo, o prejuízo será contrabalanceado pelos ganhos de áreas mais promissoras como software, data centers, serviços e telecom.

Fonte: Olhar Digital

 

O mercado global de aplicativos móveis pode chegar a US$27 bilhões este ano

O mercado global de aplicativos móveis vai valer 27 mil milhões de dólares este ano, segundo a ABI Research. Seus especialistas detectam que embora o Windows e o BlackBerry estejam aumentando lentamente o seu portfólio de aplicativos lutando para virem a ser o terceiro ecossistema, seus siatemas opercaionais ainda estão muito atrás do iOS e do Android.

“O iOS ainda lidera esse universo e espera-se que o sistema operacional da Apple gere mais de dois terços da receita de aplicativos para smartphones e tablets em 2013″, observa o analista Josh Flood.

“Mesmo que o sistema operacional Android tenha ultrapassado recentemente a Apple em quantidade de apps disponíveis, os usuários iOS estão provando ser mais dispostos a investir  seu dinheiro na compra da APPs. A diferença de rendimentos entre os dois sistemas operacionais móveis deve ficar menor nos próximos 18 meses, com leve vantagem para a Apple”, diz Flood.

A ABI Research também destaca a tendência de crescimento da receita de aplicativos móveis para tablets. Historicamente, a receita vinha principalmente de aplicativos para smartphones, mas agora os APPs para tablet estão crescendo rapidamente e espera-se que ultrapassem as receitas de aplicativos para smartphones em 2017. Usuários de tablet são mais inclinados a pagarem mais por seus aplicativos do que os de smartphones.

sistemas_operacionais_mobile

Fonte: IDGNow

 

França espiona milhões de comunicações, diz jornal

A França tem um sistema de espionagem de comunicações que auditora em seu território milhões de chamadas de telefone, e-mails e mensagens de celular sob um marco legal pouco claro, segundo revelou nesta quinta-feira o jornal “Le Monde”.

“A Direção Geral da Segurança Exterior (DGSE) coleta sistematicamente os sinais eletromagnéticos emitidos pelos computadores e os telefones na França, assim como os fluxos entre França e o exterior: todas as nossas comunicações são espionadas”, afirmou o jornal.
Esses procedimentos, prezados pelos serviços antiterroristas, não se centram no conteúdo das comunicações, mas nos “metadados”, ou seja, quem contata quem.

“A DGSE coleta os dados das chamadas de milhões de assinantes, identificando os interlocutores, o lugar, a data, a duração e o tamanho da mensagem. O mesmo com os e-mails – com a possibilidade de ler o assunto da mensagem – os SMS, os faxes… E toda atividade que passar por Google, Facebook, Microsoft, Apple, Yahoo!!”,

Fonte: INFO

Top 5

 

Geração Y lidera crescimento do mercado de smartphones

“A Telefónica lança nesta quinta-feira, 6, pesquisa feita em 27 países com mais de 12 mil pessoas com idades entre 18 e 30 anos. Segundo o estudo, os 1.038 brasileiros consultados se consideram, na média, mais ‘antenados’ em tecnologia do que o resto do mundo.

26% dos respondentes dizem estar na vanguarda tecnológica, contra 19% em nível global. A maioria (91%) dos brasileiros classifica como bom ou excelente seu conhecimento pessoal e familiaridade com o tema, comparado a 79% nos outros países.

No Brasil, 92% acreditam que a tecnologia facilita a transposição de barreiras de linguagem, em comparação a 87% em todo o mundo. Para 85%, a tecnologia torna mais fácil também a busca por empregos, comparado a 83% em nível global. Outros 71% entendem que o assunto “cria oportunidades para todos”, se comparado aos 69% mundialmente.”

Fonte: Olhar Digital

 

Geração_Y

 

Número de brasileiros que navega pelo celular supera os que usam PC

“Pela primeira vez, o número de brasileiros que usa o celular para acessar a Internet ultrapassou os que usam o PC. De acordo com pesquisa da Opera Software com 5 mil usuários, divulgada nesta quarta (6), 94% dos entrevistados navegaram por meio de telefones móveis em 2013, contra 14% via PC doméstico. Em 2012, esses índices foram de 23% e 64%, respectivamente.

O Java ainda é a plataforma mais popular no Brasil (68% dos usuários), seguido pelo Android, com 14%. No entanto, um terço (32%) disse desejar um smartphone nos próximos meses.”

Fonte: IDGNow!

 

EUA admitem espionagem de celulares

“A Casa Branca admitiu nesta quinta-feira (6) que o governo dos Estados Unidoschegou a espionar registros telefônicos de pelo menos uma operadora de telefonia, reabrindo o debate sobre privacidade no país, ao mesmo tempo em que defendeu a prática como necessária para proteger os norte-americanos contra ataques terroristas.

O pronunciamento ocorreu depois do jornal britânico “The Guardian” ter denunciado a espionagem feita pelos EUA. O jornal  publicou, na quarta (5),  uma ordem judicial secreta relacionada aos registros de milhões de clientes da Verizon Communications.

“O documento mostra pela primeira vez que, sob o governo Obama são recolhidos indiscriminadamente e em grandes quantidades os registros de comunicações de milhares de cidadãos americanos, independentemente de serem ou não suspeitos”, disse o “The Guardian”.
Mas, segundo um alto funcionário do governo do presidente democrata, esta ordem judicial referia-se apenas aos dados, como número de telefone e duração de chamada – e não às identidades das pessoas ou ao conteúdo das conversas.”

Fonte: G1

 

celular

 

Tablet lidera vendas de produtos de informática

“Os preços baixos e uma variedade maior de tablets no mercado brasileiro elevaram as vendas desse tipo de eletrônico nos três primeiros meses do ano.

Os aparelhos já representam 27,6% dos itens de informática vendidos no Brasil, em unidades. No ano passado, os aparelhos tinham 11,5% do mercado. Em contrapartida, notebooks e computadores de mesa (desktops) continuam perdendo a preferência dos consumidores.
De acordo com números divulgados ontem (5) pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) e pela consultoria IDC, as vendas de tablets avançaram 164% no primeiro trimestre, comparado ao mesmo período de 2012. Ao todo, 1,3 milhão de unidades foram vendidas.
Enquanto isso, as vendas de notebooks e desktops tiveram queda de 8,1%, o que revela que a tendência mundial na redução do setor também está sendo verificada no País.”

Fonte: INFO

 

Twitter firma parceria com maior agência de publicidade do mundo

“Nesta quinta-feira, 06, o Twitter e a WPP anunciaram um acordo estratégico global. A parceria será direcionada ao compartilhamento nos segmentos de marketing de dados e analytics.
A WPP irá ampliar as ferramentas voltadas para os dois setores. Com isso, a companhia deve maximizar o uso de dados do Twitter – provendo mais dados em tempo real para seus clientes. Já o Twitter, poderá receber investimentos de clientes do WPP. A parceria deve ajudar a rede social na estratégia de expansão do microblog, especialmente em mercados de rápido crescimento, como o Brasil.”

Fonte: Proxxima 

WPP

O sucesso das páginas ‘Spotted’ no Brasil. Só uma brincadeira?

 spotted_university

Nas últimas semanas, houve o crescimento exponencial das páginas ‘Spotted’ no Facebook Brasil. E se você é universitário certamente já ouviu falar delas. O termo em inglês ‘spotted’ quer dizer algo como flagrado, localizado, encontrado. E de onde elas surgiram? As páginas spotted apareceram pela primeira vez em algumas das maiores universidades britânicas, geralmente disponibilizando um espaço para mensagens anônimas de estudantes sobre outros alunos avistados, flagrados, nas bibliotecas da própria universidade. Por lá, a polêmica foi grande porque as mensagens muitas das vezes eram sexistas, racistas e ofensivas. Inclusive, muitas universidades saíram em defesa de alunos que se sentiam ofendidos e perseguidos e estão tentando tirar as páginas do ar. Veja matéria do The Guardian.

Aqui no Brasil, as páginas spotted também começaram pelas universidades, mas têm apostado mais na funcionalidade de um “correio do amor” moderno. Nelas, os estudantes que não têm coragem de falar pessoalmente deixam cantadas engraçadas ou picantes para outros estudantes, descrevendo-os. Se algum outro aluno reconhece quem é o ‘spotted’ da vez acaba entregando o alvo e aí ele ou ela decide o que fazer com isso. O sucesso é tanto que existem páginas spotted universitárias como a da PUC-Rio com mais de 12 mil fãs. Algumas universidades contam até com divisões por Campi, curso e até versões GLS. Mas, de fato, o bom humor tem sido o diferencial das páginas no Brasil.

Com essa mesma função, as páginas saíram das universidades e tomaram as ruas, já são encontradas páginas spotted para metrô, trem, noitadas e, pelo visto, a onda spotted só está começando. O sucesso também tem alcançado outros países como Argélia, Austrália, Canadá, França, Itália, Rússia e muitos outros. E se buscarmos na Google Play, já encontramos alguns aplicativos com o mesmo tema. No entanto, a questão ética ainda é a que mais afeta todos os ‘serviços spotted’. As páginas, em sua maioria, dependem de uma moderação realizada pelos seus criadores que são igualmente anônimos. Fica por conta deles decidir o que é ofensivo ou não, o que é interessante de ser publicado. Alguns tentam criar regulamentos e se comprometem com a exclusão do conteúdo em caso de ofensa, mas já podemos observar em muitas páginas do Brasil conteúdos de gosto duvidoso, sexista e ofensivo.

E você? Acha que tudo não passa de brincadeira ou as páginas spotted podem levar a problemas mais sérios nas redes sociais? Já participou de uma página spotted? Dê a sua opinião.

Mix realities: instalações artísticas

Falamos na semana passada de artefatos inteligentes que poderiam nos colocar em constante vigilância ou fariam da tecnologia uma invasão a nossa privacidade. A última instalação artística do designer holandês, Pierre Derks ampliou essa possibilidade. Ele mostrou a enorme difusão de webcams instaladas em locais públicos e nos quartos e salas das casas de cidadãos comuns.

A exposição Screening Reality terminou no domingo 24 fevereiro em Haia (Holanda), trazendo uma tela enorme com reprodução de cenas capturadas em 805 webcams de vários lugares do mundo. As cenas iam desde pais colocando seu filho para dormir, à pedestres, lojas cheias de clientes e uma mulher que tomava café da manhã em sua banheira. Eram imagens íntimas e banais.

screenreality
O artista disse que capturou essas imagens sem precisar invadir ou adivinhar senhas, ele descobriu 8 mil pontos de webcams online disponíveis, sem proteção. Tudo o que precisou foi um endereço de IP e a marca da câmera. Sua intenção era trazer ao debate público as questões da segurança e da privacidade, uma vez que há um número consistente de pessoas que compram IP de webcams sem perceber o quanto elas podem ser facilmente acessíveis.

Outra proposta da instalação eram as legendas. Embaixo de cada cena havia o texto de um tweet ou uma chamada de notícia, gerando uma camada extra de informações em tempo real. O objetivo era exibir a partir disso a distinção cada vez mais sútil entre a realidade que experimentamos e a que absorvemos através das telas.

Questões legais que irão surgir com o avanço do uso da realidade aumentada

Navegando pela internet, me deparei com um curioso artigo do site australiano TechnoLlama que aborda um tema que o oba-oba pela criação do Google Glass talvez camufle o que pode vir a acontecer na esteira do uso do gadget; ou seja, as questões legais sobre a usabilidade do equipamento.

Brincadeiras à parte que já circularam nas redes sociais, afirmando, por exemplo, que a indústria pornô estaria bastante interessada no desenvolvimento da tecnologia, existem, de fato, situações em que será preciso estabelecer uma legislação cuidadosa como ressaltados na matéria ‘Augmented Reality Law’, que chamou minha atenção.

No texto, o autor cita questões práticas como privacidade e até mesmo direito autoral, já que com um dispositivo como o Google Glass, você poderá se ‘programar’ para ser visto como o avatar de um jogo ou de um personagem de ficção. Para a indústria de games, de quadrinhos e do cinema, isto pode ser um sério problema de uso não autorizado de imagem.

Já a questão da privacidade é mais óbvia. Provavelmente, os escritórios de advocacia terão que cortar um dobrado formulando termos de uso para a nova tecnologia, lembrando ao usuário que ele está autorizando isto ou aquilo, e que ele pode bloquear determinadas informações e, caso não o faça, está isentando a empresa de usar indevidamente qualquer informação fornecida.

No caso do Paprika, por exemplo, tomamos muito cuidado com a questão da privacidade do usuário. Apenas coletamos informações que são públicas. No caso das postagens via facebook, damos total controle da privacidade para o que pode ou não ser compartilhado publicamente, exatamente para que ninguém se exponha mais do que deseja ou se ache exposto ou vigiado pelo aplicativo. Aliás, vai aqui uma dica: sempre entenda as configurações de privacidade de qualquer aplicativo do seu smartphone. Você pode estar compartilhando informações que não deseja e nem tem conhecimento disso.

Ainda falta um pouquinho para todo mundo andar na rua com um aparato desses, porém as questões legais levantadas pelo artigo fazem todo o sentido e devem ser vistas com bastante atenção, não só pelos fabricantes desses gadgets, mas também pelo consumidor. Tenha certeza de que nós da eyllo fazemos nossa parte para que você tenha total transparência sobre a forma de uso de nosso app.

Você já teve problemas com o uso indevido de suas informações? Deixe a sua dica aqui no blog da eyllo e ajude a outras pessoas a evitar essa dor de cabeça.

Configurações de privacidade no paprika

Todo o conteúdo que você posta no facebook via paprika pode ser encontrado no local exato onde foi postado apenas pelos seus amigos, como configuração padrão.

No entanto, quando esse mesmo post é visualizado no seu mural ou timeline, as opções de privacidade são definidas no próprio facebook. Para alterar essas configurações, siga os passos indicados e faça sua personalização da maneira que preferir:

Botão menu > Privacy Settings > Apps and Websites (Edit Settings)

Ao abrir a última tela, escolha o app paprika dentre os que surgirão na lista e faça sua personalização, conforme na figura abaixo: