Óculos inteligentes no Brasil?

Há poucos anos, existia grande desconhecimento a respeito de realidade aumentada. Esta tecnologia começou a ficar mais conhecida com a comercialização do Google Glass. Apesar de várias pessoas saberem a respeito do Google Glass, um número reduzido utilizou ou viu um dispositivo destes de perto. Menor ainda é o percentual de pessoas no Brasil, devido ao reduzido número de unidades que aqui chegaram. Após a repercussão inicial das bem sucedidas ações de marketing da Google, o Pokémon Go aproximou mais ainda as pessoas da realidade aumentada. Por ser jogado em smartphones, um número bem maior de pessoas pode experimentar, inclusive no Brasil.

Recentemente, com maior conhecimento sobre a existência da tecnologia, tem aumentado o interesse no Brasil a respeito de soluções de realidade aumentada, principalmente para a indústria. Para muitas aplicações da indústria, é necessário manter as mãos livres, assim existe maior interesse no uso de óculos inteligentes. Uma dúvida recorrente entre as empresas com quem temos trabalhado em conjunto para a realização de provas de conceito e projetos piloto é qual modelo adquirir.

Se você tem acompanhado os artigos recentes que escrevi, dentre outros, descrevi trabalho que realizamos para empresa de elevadores utilizando óculos inteligentes no campo, apresentei artigo da Wired com novos lançamentos, e fiz uma breve análise do Magic Leap One em outro artigo. É importante notar que apesar das notícias sobre estes dispositivos, nem todos são realmente produzidos em escala industrial e comercializados. Menor ainda é a variedade disponível no Brasil.

Acredito que todos que estão testando ou utilizando estes óculos inteligentes no Brasil estão tendo que importar por conta própria. O último modelo disponível no Brasil era o Epson Moverio BT-200 que utilizamos em nosso trabalho de manutenção de campo. A Epson lançõu o Moverio BT-300 para substituir o BT-200, mas ainda não o vi a venda no Brasil.

Você sabe de algum modelo que esteja atualmente à venda no Brasil?

Originalmente publicado em https://www.linkedin.com/pulse/óculos-inteligentes-brasil-enylton-machado-coelho

Hololens permitirá acesso a dados das câmeras

A Microsoft anunciou que a atualização do Windows 10 para Hololens permitirá a pesquisadores ativar o Research Mode e ter acesso direto aos dados da câmeras.
Hololens tem quatro câmeras que capturam imagens em tons de cinza, utilizadas para capturar o ambiente.
Também tem uma câmera de profundidade utilizada para capturar gesto do usuário.

Com a nova atualização e permissão para acessar diretamente os dados das câmeras, pesquisadores podem utilizar os algoritmos de visão computacional que já vêm embarcados no dispositivo, tais como SLAM (Simultaneous Localization and Mapping), ou desenvolver seus próprios algoritmos.

O artigo original está disponível, em inglês, no blog da Microsoft Hololens research mode

Qualcomm apresentará novo chip para realidade aumentada

A Qualcomm, empresa americana que fabrica chips para telefones celulares e outros dispositivos móveis, anunciou que durante a Augmented World Expo apresentará novo chip voltado para novos óculos inteligentes para realidades virtual e aumentada.

A finalidade é facilitar o desenvolvimento de novos dispositivos que sejam mais baratos, tenham maior potência e eficiência no uso de energia.
Atualmente, os dispositivos no mercado são relativamente caros e as baterias duram pouco.

Magic Leap One

Em mensagem anterior,no canal da empresa no linkedIn, falamos sobre artigo da revista Wired que trata do expectativa do lançamento de novos dispositivos para realidade aumentada em 2018. Nesta semana (dezembro de 2017), a grande novidade é o anúncio da empresa Magic Leap a respeito do lançamento de seu primeiro produto: Magic Leap One.
A empresa não divulgou muito mais informação sobre o dispositivo, mas a partir da foto, e comparando com outros dispositivos já disponíveis no mercado, é possível tentar antever algumas características.

Como base de comparação podemos utilizar o Hololens, da Microsoft, que está disponível no mercado há mais de um ano. Vários desenvolvedores têm acesso ao dispositivo, já tendo sido utilizado para realização de dezenas de projetos piloto em diversas partes do mundo.

Podemos notar que o Magic Leap One tem oito câmeras. As câmeras na lateral do dispositivo provavelmente serão utilizadas com a mesma finalidade das câmeras no Hololens: mapear o espaço ao redor e permitir melhor localização do dispositivo no ambiente. O dispositivo tem um par de câmeras localizadas logo acima do apoio do nariz. Estas provavelmente são RGB, como as utilizadas em telefones celulares.

Enquanto o Hololens coloca todos os componentes em um aparelho único, o Magic Leap One é composto por duas partes. Muito provavelmente a bateria, e alguns eletrônicos não estão nos óculos, reduzindo assim o peso sobre o apoio do nariz.

Somente pela imagem não é possível inferir informação sobre o campo de visão e para isto precisamos aguardar mais informações do fabricante ou desenvolvedores. Também ainda não há informação concreta sobre preço, mas parece ser muito difícil custar muito menos que o Hololens.
O que você acha? Você compraria um destes dispositivos? Qual valor estaria disposto a pagar?

PS: eu não tive acesso ao dispositivo e a análise aqui apresentada é baseada em comparação das fotos com dispositivo semelhante já conhecido.

Fabricantes de componentes de óculos inteligentes

Telefones celulares são utilizados para aplicações de Realidade Aumentada e as pessoas já estão bastante acostumadas com eles.

Nem tão comuns quanto os telefones celulares, porém até mais adequados para utilização em aplicações de realidade aumentada, óculos inteligentes são fabricados por várias empresas.
Estas fabricantes finais utilziam componentes de várias outras.
Um componente essencial para os óculos inteligentes é o Micro Display.

Esta é uma lista de fabricantes:
– Dresden Micro display GmbH
– eMagin Corporation
– Himax Technologies, Inc.
– HOLOEYE Photonics AG
– Japan Display Inc.
– Jasper Display Corp.
– Kopin Corporation
– Microtips Technology, LLC
– RAONTECH
– Seiko Epson Corporation
– WiseChip Semiconductor Inc.
– Yunnan OLiGHTEK Opto-Electronic Technology Co., Ltd.