Tag Archive for games

Top 5

 

 → Decreto desonera smartphones

Nesta terça-feira (9), a presidente Dilma Rousseff assinou um decreto reduzindo o preço de smartphones produzidos no Brasil. Aparelhos que custam até R$1.500 serão isentos de PIS/Cofins. A queda alardeada de 30% nos valores dos dispositivos, no entanto, pode ficar na faixa dos 7%, segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica.

 

smartphones

 

Bitcoin receberá investimento de US$ 500 mil (em inglês)

A startup Coinsetter, instalada em Nova Iorque, receberá 500 mil dólares em investimentos para desenvolver uma plataforma que permitirá a negociação de alto risco em margem usando Bitcoins. A empresa espera se capitalizar com o lançamento de uma plataforma de Mercado de Câmbio que permitirá aos investidores negociarem a curto prazo usando ativos alheios.

 

Os apps mais baixados no mundo (em Inglês)

O blog do aplicativo Distimo, especializado em métricas para apps, divulgou a lista dos aplicativos que obtiveram mais downloads em Março por todo o mundo. Entre os gratuitos, o app mais baixado para iOS é o Candy Crush Saga; para Android, o maior número de downloads ficou com o app do Facebook. Confira os resultados.

 

candy_crush

 

Google doa US$ 3 mi para combate ao tráfico humano (em Inglês)

A Google contribuiu com 3 milhões de dólares para a luta contra o tráfico humano e a prostituição. O valor foi concedido a três organizações da Europa, Ásia e Estados Unidos, para que desenvolvam tecnologias que ajudem a integrar o socorro às vítimas, que chegam ao número de 20 milhões no mundo inteiro.

 

Cientistas criam scanner que captura objetos a 1 km

Os físicos da Universidade Heriot Watt, do Reino Unido, apresentaram um scanner que captura informações em três dimensões a uma distância de até um quilômetro através de canhões de laser. O invento funciona como outros scanners, mas com muito mais precisão e alcance de varredura.

 

scanner_1km

 

Fonte: Uol, TechCrunch, Distimo Blog, Cnet, Olhar Digital

Mix realities: Mobile Games

 

Como você pôde acompanhar aqui em diversos posts, a Realidade Aumentada vem sendo utilizada em diversas áreas do conhecimento: medicina, educação, arquitetura, artes, entre outras e, obviamente, a tecnologia não poderia passar despercebida dos desenvolvedores de jogos. Confira a seguir alguns jogos que utilizam realidade aumentada para divertir e entreter os usuários de smartphones.

 

ARDefender – Android (2.1 ou superior) e iOS (4.1 ou superior)

AR_Defender

Com esse jogo, você pode transformar sua mesa ou qualquer outra superfície num campo de batalha onde você precisa defender sua torre do ataque inimigo. Você vai precisar imprimir um código específico num pedaço de papel que servirá de plataforma para a ‘construção’ de sua torre em realidade aumentada. Depois, é só aguardar os inimigos chegarem e… fogo!

> Google play

> iTunes

A mesma empresa lançou o jogo ARDefender 2 para Iphone, mas pelas avaliações não superou a primeira e mais simples versão do jogo.

 

Paparazzi – Android (2.1 ou superior) e iOS (4.3 ou superior)

paparazzi

Este jogo tem um certo tom cômico transformando você num paparazzi inconveniente. Você precisa fazer dinheiro tirando fotos de um personagem curioso que servirá como sua celebridade-alvo. Para a aparição do personagem-celebridade, você precisará imprimir um código ou usar uma nota de 1 Dólar como base. Quando você começar a tirar foto de sua celebridade, ela começará a ficar irritada e quando estiver com muita raiva vai pular em sua câmera tentando destruí-la, e aí você precisará sacudi-la para se livrar dela.

> Google play

> iTunes

 

DroidShooting – Gratuito – Android (1.6 ou superior)

droid

Neste jogo, seu único objetivo é acertar a maior quantidade de droids que conseguir. Eles chegam de todos os lados do ambiente, e você pode ver pelo radar se algum deles está atrás de você. O jogo promete fazer um link entre o cenário real filmado e o sistema do jogo.

Google play

 

ARBasketball – Gratuito –  iOS (5.0 ou superior) 

baketball

Se você é daqueles que não resiste a arremessar as bolinhas de papel como se fossem bolas de basquete, você vai adorar esse jogo. A partir da impressão de um código colocado sobre a mesa ou qualquer outra superfície, você terá uma tabela projetada em realidade aumentada para tentar quantos lances livres quiser.

> iTunes

 

ARSoccer iOS (4.0)

soccer

Com a mesma ideia do jogo de basquete, esse app serve para aqueles que adoram treinar embaixadinhas. Este jogo exige um pouco mais de controle, fazendo com que, através da câmera, você acompanhe os movimentos da bola e não a deixe cair. Parece divertido!

> iTunes

 

Paintball – Gratuito – Android (2.2 ou superior)

paintball

Para quem gosta de paintball, essa é uma versão gratuita do jogo que pode ser divertida para experimentar com os amigos. Nele, você usa a câmera como mira e seleciona a cor da camisa de seu amigo (no modo One on One) para que ele seja detectado. Quando você acertá-lo ou for atingido, o telefone reagirá e lhe mostrará a pontuação. Para jogar no modo multiplayer, é necessário conexão wi-fi.

> Google play

Ghostbusters Paranormal Blast – iOS (4.3 ou superior) e Android (2.3.3 e superior)

ghostbusters
Se você sempre sonhou em caçar as mais estranhas criaturas como os caça-fantasmas, chegou a sua vez. O aplicativo promete transformá-lo no melhor caça-fantasmas de sua vizinhança, você pode localizar através da câmera onde estão os fantasmas em sua cidade e prendê-los em sua armadilha virtual. Que tal receber um chamado para caçar o geleia, por exemplo?

> Google Play

> iTunes

 

Se tiver alguma sugestão imperdível de jogo que utiliza realidade aumentada, envie para gente!

Você já experimentou o paprika? Saiba o que andam dizendo a sua volta através da realidade aumentada. Escolha um cenário do app, veja no radar onde estão as geotags com comentários e/ou informações, aponte sua câmera e descubra os que as pessoas publicaram quando estiveram no mesmo local que você está agora.

 

Mix realities: games são entretenimento, arte ou esporte?

O Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA) inaugura neste sábado, 2 de março, uma exposição de 14 videogames que darão início a uma nova seção de seu acervo. A primeira mostra do MoMA foi em 1929 com obras de Van Gogh, Gaugin, Cézanne e Seurat. Agora eles estão abrindo suas portas a Pac-Man, Tetris, SimCity e The Sims.

Considerada por muitos a melhor coleção de obras-primas do mundo, o MoMA possui mais de 150 mil obras, 22 mil filmes e 4 milhões de imagens. A intenção declarada por Paola Antonelli, curadora sênior do departamento de arquitetura e design do museu é adquirir pelo menos mais 40 jogos para encorpar esse novo departamento. Por enquanto a lista que estará exposta a partir da março conta com: Pac-Man (1980), Tetris (1984), Another World (1991), Myst (1993), SimCity 2000 (1994), vib-ribbon (1999), The Sims (2000), Katamari Damacy (2004), EVE Online (2003), Dwarf Fortress (2006), Portal (2007), flOW (2006), Passage (2008) e Canabalt (2009).

1_pac-man-larger-size.sm_-414x532

Esse será mais um passo a favor dos que defendem que os games são uma forma de arte. Kellee Santiago pesquisadora da University of Southern California School of Cinematic Arts e desenvolvedora de games, afirmou em uma conferência do TED em 2009 que os jogos seriam uma manifestação artística em sua fase pré-histórica. Assim como a pintura começou com rabiscos e chegou aos afrescos.

Nesse debate, a National Edowment for the Arts (NEA), organização governamental norte-americana criada para dar incentivos a programas artísticos, incluiu em 2011 os videogames em formas de arte que poderiam receber até US$ 200 mil para seu desenvolvimento. Eles estariam na categoria de artes na mídia.

Por outro lado, quase 80 mil pessoas de 207 países já aderiram a um abaixo-assinado que pretende incluir os videogames nas Olimpíadas. Os e-sports, estão ganhando patrocinadores e cada vez mais “atletas-profissionais”. O site SC2 Earnings divulgou que o faturamento dos brasileiros com os campeonatos mundiais de StarCraf II cresceu de US$ 3mil para US$ 18 mil em 2012.

Os games, cada vez mais sofisticados, pertenceriam então, a realidade das artes, do esporte, do entretenimento ou de todos eles? Para Paola Antonelli, os games são arte mas também são design e o MoMA irá abordar esse lado nesta nova seção. “Nossos critérios de seleção, portanto, irão enfatizar não só a qualidade visual e a experiência estética de cada jogo, mas também a elegância do código para o projeto e a interação proporcionada a cada jogador”, completa.

Robô velocista, luva mágica e realidade aumentada para divulgar jogo. Veja o Top 5!

Semana que tem feriado é mesmo assim, na segunda já está todo mundo pensando na sexta, mas nós da eyllo não paramos e selecionamos para vocês algumas notícias que chamaram a nossa atenção nos últimos cinco dias. Leia o que separamos para vocês:

- Segunda-Feira (03) – luva incrível e realidade aumentada e Resident Evil:

Setembro começou bem agitado para a eyllo, nossa participação no MKT 2.0 repercutiu bastante na rede, mas além disso duas notícias chamaram nossa atenção. Para os praticantes de esporte, pesquisadores inventaram uma luva que imita o movimento de atletas famosos e ajuda a melhorar o desempenho dos amadores. Isso mesmo! Basta fazer um download dos movimentos. Assim, você pode jogar tênis como Andy Murray. Pelo menos, é o que garantem os inventores da luva.

Residente Evil 6/Divulgação site Resident Evil SAC.

Residente Evil 6/Divulgação site Resident Evil SAC.

Já pra quem curte um game e adora a franquia Resident Evil, a sexta versão do jogo será lançada em outubro, mas até lá você vai poder se deparar com um vasto material de divulgação, que começou a ser liberado ontem, na Europa. A estratégia de lançamento  inclui entre outras coisas, filme e game de realidade aumentada.

- Terça-Feira (04) – poderes da mente:

É maravilhoso ver que os avanços tecnológicos podem ajudar muitas pessoas. A boa novidade desta semana nesta área foi o anúncio de um grupo de cientistas da Califórnia que garante ter desenvolvido uma técnica para que a mente controle membros artificiais. Braços e pernas cibernéticas para amputados parecem ser uma realidade cada vez mais próximas. O máximo, não?

- Quarta-Feira (05) – outra luva inteligente:

Já que abrimos as notícias da semana falando de luvas, aqui vai mais uma que foi lançada, desta vez pela Nokia. A gigante dos celulares inventou um gadget para acompanhar a linha Lumia especialmente para quem odeia usar o celular na rua durante o inverno. Ok, a não ser que você esteja no Sul, por qui nem é tanto problemas, mas acima do Equador o negócio é diferente. A luva é ultra sensível e permite que o usuário tenha total sensibilidade da tela, além de reconhecer entrada de dados e manter a mão quentinha. Uma boa!

- Quinta-Feira (06) – robô rapidinho e Men in Black usam impressora 3D:

Um robô da Darpa (algo como Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa), chamado de Cheetah agitou, não só a comunidade tecnológica, mas também a do esporte. A geringonça, afirmam seus criadores, bateu, não só seu próprio recorde de velocidade, como também o de Usain Bolt. o robô mais veloz da história, superou o seu próprio recorde de velocidade e alcançou o pico de 45,5 Km/h em um trecho de 20 metros. O recorde de Bolt foi em uma prova de 100 metros, em 2009, quando o atleta alcançou a marca de 44,7 Km/h em um sprint de 20 metros. Bichinho rápido esse…

As impressoras 3D realmente estão invadindo a indústria e já são febre até para fazer peças cenográficas para o cinema. As armas usadas no filme Homens de Preto 3, por exemplo, foram feitas usando a tecnologia. Os caras que fizeram as armas, falaram sobre a ideia, a técnica e sobre os modelos desenvolvidos.

- Sexta-Feira (07) – joias impressas, um dia você vai ter uma:

Não só no cinema as impressoras fazem sucesso. Como já estão imprimindo de tudo com elas, comida, armas, casas, carros, tênis, nada mais natural do que fazerem joias também. E não são de papel, não. São de verdade, feitas com metal preciso, como ouro. O vídeo mostra como algumas peças foram produzidas e totalmente impressas em 3D. Essa invenção, realmente, não tem preço…

Essas foram algumas notícias que achamos interessantes e que queríamos dividir com vocês. Se você é leitor do blog e também viu alguma coisa legal que aconteceu na semana, deixe suas sugestões aqui no blog da eyllo.

(Fontes deste post: Engadget, The Daily Mail, WebProNews, Resident Evil Sac)

Mudanças no comando do Google, homem agredido com óculos de RA… saiba, no Top 5, o que aconteceu na semana

A semana começou agitada com uma notícia que não só se fez presente em todos os dias como ainda promete render bastante. Saiba o que de mais importante aconteceu no mundo envolvendo assuntos de tecnologia e realidade aumentada.

- Segunda-feira (16) – Google x Yahoo:

Embora a notícia tenha pipocado mesmo na terça, o anúncio se deu na segunda-feira, com a toda poderosa CEO do Google, Marissa Meyer, deixando a empresa para assumir o cargo maior na concorrência; leia-se Yahoo. Muito se especulou e ainda se especula sobre o que esta mudança irá provocar a médio e longo prazo na corrida pelo mercado de internet. Só o tempo dirá!

- Terça-feira (17) – é certo bater em alguém que usa óculos?

EyeTap/reprodução Tecmundo.

EyeTap/reprodução Tecmundo.

Essa é uma notícia bem preocupante, para falar a verdade. Um homem, com um protótipo rústico do que virá a ser o Google Glass e similares, foi agredido em uma lanchonete por três homens que queriam que ele tirasse o gadget. Ao contrário dos óculos do Google, o EyeTap, aparato em questão, é meio que acoplado a cabeça e não havia como retirar. O caso ficou registrado em vídeo. O que não faz a ignorância?

- Quarta-feira (18) – do espaço para o console:

A Nasa está tentando correr atrás do tempo perdido no quesito popularidade e agora, além da corrida ao espaço, ela quer correr também no mercado de games e iniciou uma parceria com a Microsoft para produzir seu próprio console. De fato, essa empreitada tem tudo para produzir jogos de outro mundo (ok, a piada foi péssima!).

- Quinta-feira (19) – catálogo com novas opções:

A IKEA, empresa europeia que produz móveis e acessórios para o lar, alardeou esta semana o lançamento do seu catálogo para 2012, que traz o recurso de RA espalhado nas páginas. O consumidor poderá ver um raio-x das peças, imagens em 3D, videos… um luxo só!

- Sexta-feira (20) – dedinhos na tela com dias contados:

Cada vez mais dispositivos estão se utilizando do recurso touchscreen para melhorar a interação do usuário tornando-a mais intuitiva. Surgida nos eletrodomésticos e máquinas de escritório e logo transportadas para celulares, computadores e tablets, o recurso sempre se viu às volta com um tormento: as marcas do toque no teclado. Mas, enquanto não ativamos todos os nossos aparelhos por voz, movimento ou pela mente, pesquisadores estão tentando desenvolver uma película que seja, digamos, autolimpante. Na verdade, não seria bem uma película é mais uma tinta que seria baseada num produto similar já existente, usado em móveis de plástico expostos ao ar livre que, além de tudo, mata fungos e bactérias. Nós, usuários de tablets e de smartphones, agradecemos imensamente!

Deixamos alguma notícia importante de fora? Conte pra gente!

História da RA: dos dispositivos militares até o paprika

Você que curte ou trabalha com tecnologia e se interessa por todos os assuntos relacionados ao tema e especialmente por realidade aumentada, talvez já conheça essa história em todos os seus detalhes. Por outro lado, caso você seja um novato, será bastante informativo conhecer um pouco mais sobre a evolução do recurso que, assim como grande parte das inovações, foi pensado inicialmente (como a internet) para fins militares.

O site History of Mobile Augmented Reality traça um histórico detalhado da evolução da ideia até as suas aplicações mais modernas. Se você quiser se aprofundar no assunto, vale uma pesquisa na página, que possui mais links específicos e indicações bibliográficas que vão enriquecer bastante a sua experiência de leitura e aprendizado. Aqui, no blog da eyllo, vamos destacar alguns desses marcos mais importantes.

Há quem viaje no tempo e atribua aos homens das cavernas, e às suas pinturas ‘virtuais’, a primeira concepção de ‘realidade aumentada’. É fato que ao longo da história da humanidade e a medida em que as descobertas iam acontecendo e diminuindo o intervalo entre uma e outra, novos conceitos e dispositivos foram sendo desenvolvidos até chegarmos ao conceito de RA que temos hoje.

Mas, a primeira experiência bem sucedida e considerada o marco da técnica, aconteceu em 1968, quando Ivan Sutherland inventou capacetes para exibição de imagens, sugerindo uma janela para um mundo virtual. Era uma geringonça enorme, composta por dois dispositivos ópticos e, devido a pouca potência dos computadores da época, a ação não durava muito.

Com um intervalo de quase uma década, outra novidade no ramo só surgiu em 1975, quando Myron Krueger criou um laboratório de realidade virtual chamado ‘Videoplace’, que permitia ao usuário interagir com elementos virtuais pela primeira vez. Para o grande público, porém, nenhuma novidade bombástica aconteceu em torno da RA. Primeiro, era preciso melhorar os meios digitais para que ela fosse um recurso ‘consumível’.

Contudo, o conceito se tornou mais concreto em 1989. Jaron Lanier inventa, então, o termo ‘Realidade Virtual’ e cria o primeiro comercial em torno de mundos virtuais.

Nos primeiros anos da década seguinte, no entanto, é que haveria uma definição mais concreta, elaborada por Tom Caudell, que cunhou o termo ‘Realidade Ampliada’, enquanto estava na Boeing e ajudava trabalhadores a montar cabos em aeronaves. A partir de então, a sequência de evolução da RA passou a ser quase tão vertiginosa quando a de outras tecnologias.

O aprimoramento dos computadores e seu desdobramento em várias versões como o desktop, o notebook e, mais recentemente, os tablets; a criação e evolução da telefonia, com seus aparelhos sem-fio, depois celulares, até a chegada dos smartphones; o aperfeiçoamento dos sistemas de satélites, capazes de enviar dados e transmitir informações de localização para diferentes dispositivos, ou seja, o GPS; e a crescente familiarização das pessoas com a tecnologia, fi compondo, ao longo do tempo, o cenário ideal para o uso e a comercialização de produtos.

O primeiro gadget portátil, por assim dizer, que apareceu, foi inventado por Steve Feiner e não era nada confortável. Com uma espécie de mochila, teclado e um óculos, que até parecia o do Google Glass, ele apresentou a Touring Machine, o primeiro sistema de realidade aumentada móvel ou MARS (mobile augmented reality system).

A partir daí, a integração do sistema com os dispositivos móveis que foram aparecendo se tornou uma questão de tempo. O surgimento de códigos impressos – ou QR Codes, contribuiu com o cenário. No início dos anos 2000, já era possível ver protótipos de games com RA.

Agora, em 2012, uma chuva de anúncios de aparelhos e de recursos que se utilizam da tecnologia chegam até nós e já fazem parte da nossa vida, com o Paprika, por exemplo. Na certa, Ivan Sutherland, quando fazia seus experimentos, não poderia imaginar que um dia um pequeno aparelho portátil seria mais poderoso do que todos os computadores de sua época e que uma pessoa não só poderia vasculhar as proximidades e descobrir lugares, como interagir com com outros indivíduos estando no mesmo lugar. Ou será que ele já imaginava?

Paprika em ação.

Paprika em ação.

O certo é que não há limites para a criatividade e para a capacidade de invenção do homem, e a realidade aumentada é apenas mais um desses fantásticos saltos da história da humanidade.

Curtiu o post? Então, comente e compartilhe. Se você tem alguma observação a fazer, fique à vontade para dar sua colaboração ao blog da eyllo.

(fonte auxiliar: Wikipedia)

Brinquedos com realidade aumentada que todo adulto gostaria de ter

Ok. Sabemos que você não é mais criança, coisa que nós do blog da eyllo também não somos. Mas também não podemos negar que, muitas vezes, a aplicação da realidade aumentada, seja em filmes, comerciais ou produtos, acaba sendo para os desenvolvedores e criadores uma grande brincadeira, por mais sério que seu objetivo venha a ser.

Nos vídeos ou imagens que temos mostrado referentes ao tema, é impossível não notar (e não partilhar dela) a expressão de surpresa das pessoas ao ver determinado efeito proporcionado pela tecnologia, principalmente nos stands de conferências. Da mesma forma, é perceptível a cara de satisfação do expositor ou do criador do produto. Você mesmo, com certeza, já deve ter se maravilhado com algum aplicativo no seu celular que já se utiliza do recurso. Nós mesmos da eyllo citamos o Paprika como um desses apps. Afinal, ele usa a realidade aumentada e serve para informar e também para entreter (se você não conhece, baixe e teste), já que mostra pontos de referência e também comentários das redes sociais em tempo real.

Portanto, nada mais natural do que usar a técnica para dar vida à imaginação das crianças e já são muitos os brinquedos que vêm com essa interação. Demos como exemplo aqui no blog ações de marketing que usaram a R.A. em seus lançamentos e uma delas foi exatamente uma caixa do Lego. Só que não são apenas brinquedos modernos, como os bonecos de Avatar, e embalagens que contam com o recurso. Brincadeiras mais tradicionais também ganharam um ar high-tech.

Por que não dar vida a um aviãozinho de papel? Veja só esse vídeo do site IDG Now sobre o brinquedo, lançado na CES 2012. Quem nunca fez um aviãozinho que papel que atire a primeira bomba? No game, claro.

E o que não dizer do Pula Pirata? A Estrela percebeu o potencial do jogo que animou muitas gerações e o apresentou para a garotada de uma nova maneira:

Qual menina nunca sonhou em ser a Barbie? Bem, pelo menos, com a realidade aumentada é possível experimentar algumas roupas da boneca. Que tal?

O famoso jogo de tabuleiro Banco Imobiliário (ou Monopólio) também ganhou sua versão moderninha. Fica mais fácil visualizar suas posses… por outro lado, suas perdas também.

Um quebra-cabeça com RA ganha um outro significado e dá mais incentivo para concluir a imagem, você não acha?

Enfim, estes são apenas exemplos de jogos tradicionais que não se deixaram vencer pelo tempo e aprenderam a se adaptar às novas tecnologias sem perder o encanto que sempre causaram nas crianças. Muitos outros brinquedos ainda vão explorar o recurso e, claro, a gente vai contar tudo para você!

Na sua opinião, brinquedos muito tecnológicos atrapalham ou ajudam a desenvolver o imaginário das crianças? Opine!

Anúncio de que Google Glasses estará à venda foi a notícia da semana. Confira o Top 5!

Nada tomou mais o noticiário de tecnologia da semana do que o Google, que durante a conferência de apresentação dos seus novos produtos, anunciou a venda do tão aguardado ‘Google Glasses’. Embora o produto só vá chegar ao público daqui a alguns anos, os nerds do mundo inteiro já ficaram em polvorosa!

Vamos dar uma olhada agora em quais os assuntos que chamaram a atenção sobre tecnologia e realidade aumentada:

- Segunda: jornal em RA (25):

Abrindo a semana, um dos principais jornais do país anunciava o lançamento de uma edição especial em versão RA. O Estadão preparou para as Olimpíadas de Londres, que começam no próximo dia 27 de julho, um caderno multiplataforma que vai dar vida aos atletas e às informações do jogos.

- Terça: Sony e o Playstation Vita (26):

Um dos setores que tem muito a ganhar com o avanço da técnica da realidade aumentada é o de games. A Sony, empresa expoente neste ramo, já sabe disso e quer que seus desenvolvedores e usuários se acostumem cada vez mais com esta tecnologia. Para isso, a empresa lançou no Japão um programa de incentivo ao uso da realidade aumentada no Vita. Bem, se vocês já se assombram com o que existe, imagine com o que vai vir por aí após este programa!

- Quarta: Lentes de contato no estilo Google Glasses (27):

Antes da divulgação da notícia da semana, a coluna do professor Silvio Meira, no site do Terra, trouxe a notícia de que uma lente de contato, que faria uso dos mesmos princípios do projeto do Google, estaria sendo testada em coelhos. Isso mesmo, em coelhos! Ao que parece, no que toca os olhos, os bichinhos são os melhores para os testes. Se a coisa vingar mesmo, a famosa ‘Visão do Exterminador’ vai estar mais perto de nós do que podemos imaginar!

- Quinta: Google Glasses na prateleira (28):

Google Glasses em ação.

Google Glasses em ação.

Na verdade, o anúncio foi feito na quarta, durante a conferência do Google, mas no dia seguinte a notícia pipocou em todos os sites de tecnologia, blogs e perfis. No palco do evento, Sergey Brin, usando o próprio gadget, declarou que o Google Glasses estava à venda. Inicialmente, pelo menos, para os desenvolvedores que estavam presentes, pela módica quantia de 1.500 dólares. O detalhe desagradável é que não é para pronta entrega. Quem comprou vai ter que esperar um ano para ter o ‘brinquedinho’ e terá que dar sua opinião sobre o produto. Mas, não se desespere. Já anunciaram por aí também que o óculos deve estar à venda para o público em 2014. Vamos combinar? Passa rapidinho…

- Sexta: Mais uma do Google (29):

Tão logo disponibilizou uma versão do Chrome para celulares, o aplicativo simplesmente se tornou o número 1 entre os apps gratuitos para IOS. Oficialmente lançado na quinta-feira, em poucas horas, a versão mobile do navegador liderou todos os rankings de downloads. Ao que parece, a versão funciona da mesma desenvoltura que no desktop. Briga entre Android e IOS à parte, o povo quer mesmo o que funciona!

Vamos ver o que a próxima semana nos trará! Caso tenhamos deixado passar alguma notícia, dê sua colaboração ao blog da eyllo!

A Eletronic Entertainment Expo começa com uma proposta além da simples realidade

De hoje até a próxima quinta-feira, dia 7, acontece em Los Angeles mais uma edição da Eletronic Entertainment Expo, um dos principais eventos de games do mundo.

Ao que parece, a briga ficará entre a Nintendo e a Microsoft. Pelo lado da Nintendo, a novidade fica por conta as mudanças no Wii U GamePad, que vai aliar os sensores tradicionais com sensores de movimento e tela de toque. Além disso, o Miiverse – a grande sacada da fabricante – une elementos da rede social com a experiência do jogo. Pelo lado da outra gigante, o trunfo é a convergência de mídias. Para os brasileiros, então, a notícia é ainda melhor já que até o final do ano, uma atualização irá acrescentar comandos em português ao Xbox.

O canal de TV CNN relacionou cinco games que vão merecer atenção após a feira. Mas, seja lá qual game você for curtir, é praticamente impossível não se sentir cada vez mais dentro deles. Não só pela interface e qualidade gráfica dos produtos, como também pela integração de movimentos e até de reações. O FIFA 13, por exemplo, vai integrar a voz às ações em campo, pois se um jogador xingar o juiz ou tiver uma reação vocal considerada áspera, poderá ser punido com um cartão amarelo ou até mesmo vermelho.

Ou seja, cada vez mais o mundo real e o virtual se misturam e esta fusão ultrapassa a fronteira dos games. No nosso dia a dia, mesmo que a gente não perceba, vivemos experiências mais completas com relação a produtos, serviços e lazer. Enfim, é uma realidade aumentada em infinitas possibilidades… Se é que você me entende.

Qual o seu jogo preferido? Qual a melhor aplicação de realidade aumentada nos games para você? Divida sua opinião com a equipe Eyllo!