Tag Archive for desenvolvimento

paprika é finalista do desafio Smart Cities FI-WARE

 

paprika_divulgacao_smartcities_menor

 

O paprika está entre os 20 finalistas do desafio Smart Cities da plataforma FI-WARE realizado pela Comissão Europeia. O concurso, aberto a participantes de todo o mundo, contou com a participação de cerca de 400 equipes que apresentaram ideias de aplicativos que buscam tornar as cidades mais inteligentes. O desafio realizará a sua final na Campus Party, de 27 de Janeiro a 02 de fevereiro, e conta com 200.000 € em prêmios.

Participantes de 23 nacionalidades competiram e apenas três dos finalistas são brasileiros. Entre eles, está o paprika apresentando sua ideia de exibir informações sobre o transporte público em realidade aumentada. O paprika e cada um dos finalistas já ganharam o prêmio de 2.800 € cada.  Agora, partiremos para apertada disputa pelos primeiros prêmios que serão um grande incentivo para as equipes participantes:

  • Primeiro Prêmio: 75.000 €
  • Segundo Prêmio: 40.000 €
  • Terceiro Prêmio: 20.000 €
  • Menção Especial: jovem desenvolvedor: 5.000 €
  • Menção Especial: aplicação mais inovadora: 5.000 €

Tudo novo no paprika: conheça a nova marca do aplicativo

 

scenario-paprikamix-iphone_02

 

O paprika está se transformando para melhor atender às necessidades dos usuários e vem trazendo muitas novidades.

Para apresentar as mudanças na aparência do aplicativo, a marca também foi atualizada e novas cores vieram junto. Agora, a marca perdeu contornos e sombras ficando mais flat, visando obter mais simplicidade e objetividade. A cor passou do vermelho a um tom laranja que remete ao tempero paprika, somando-se ao amarelo do “mix”.

No próximo post, vamos apresentar as novidades da versão de iOS que estamos preparando.

Para ficar por dentro das novidades, acesse as redes do paprika:

Facebook: www.facebook.com/paprikamix

Twitter: @paprikamix_

eyllo é uma das vencedoras do Mobile Futures Brasil

Boas notícias: o projeto Mobile Futures Brasil escolheu cinco startups que realizarão um projeto piloto para grandes marcas da Mondelez International. E a eyllo é uma delas!

Todas as 15 startups finalistas estão de parabéns pelo seu empenho e qualidade das ideias apresentadas. Foi um evento de alto nível, contando com empresas que representaram muito bem o mercado de startups nacionais. Nos sentimos orgulhosos de fazer parte desse grupo.

Agora, a eyllo tem 90 dias para realizar um piloto com a marca que nos escolheu: Club Social. A plataforma paprika foi apresentada como solução para o piloto ao integrar em uma mesma aplicação geolocalização e realidade aumentada. Estamos ansiosos para ver como será a interação dos consumidores de Club Social nesta nova realidade. Em breve, teremos mais notícias.

Confira a repercussão do anúncio das vencedoras do Mobile Futures Brasil:

Startupi

Proxxima

Pequenas Empresas & Grandes Negócios

 

eyllo é finalista do Salão Nacional de Inovação do Rio Info 2013

 

Logo_Rio_Info

 

A eyllo foi selecionada como representante da capital do Rio de Janeiro no Salão Nacional de Inovação do evento Rio Info 2013. Vencemos na categoria startup nesta etapa regional que elegeu dentre as inscritas a empresa mais inovadora da capital carioca. A empresa segue agora para a finalíssima, nos dias 18 e 19 de setembro, que reunirá representantes de outros 17 estados brasileiros, uma empresa do interior do Rio de Janeiro e empresas internacionais.

O Salão Nacional da Inovação está em sua quinta edição e tem como objetivo promover projetos inovadores. Neste ano, o Salão classificará empresas em três trilhas (startups, experientes e classe mundial). As empresas realizam apresentações para uma banca de especialistas, empresários, executivos e investidores. Ao final de cada trilha, o projeto vencedor de cada categoria receberá o Prêmio Rio Info – Projeto Inovador 2013.

Apresentamos como solução a plataforma paprika (www.paprikamix.me) disponível  para smartphones (android e iOS) que se utiliza da tecnologia de Realidade Aumentada (RA) e geolocalização para acrescentar informações virtuais ao mundo real em tempo real, sobre uma determinada área/local em que o usuário utilizar.

Através do paprika, a eyllo pretende realizar o projeto Cidade Aumentada com informações completas em realidade aumentada sobre a cidade do Rio de Janeiro, incluindo dados do transporte público em tempo real, informação multimídia sobre a história e a cultura da cidade, serviços, entre outros cenários especiais para a cidade.

 

Serviço:

Rio Info 2013 – 17 a 19 de Setembro de 2013

http://www.rioinfo.com.br/

Salão da Inovação, 18 e 19 de Setembro, de 09 às 18h

(Apresentação aberta ao público)

Local: Hotel Royal Tulip

Rua Aquarela do Brasil, 75 – São Conrado, Rio de Janeiro

(21) 3974-5026

 

 

eyllo é finalista do projeto Mobile Futures Brasil

mondelez

A eyllo foi selecionada como finalista do projeto Mobile Futures Brasil (www.mobilefutures.com.br) realizado pela empresa Mondelez International, que busca cinco startups para trabalhar com as marcas Trident, Bis, Halls, Club Social e Tang em pilotos baseados em inovação tecnológica. As 15 startups selecionadas participarão da final, nos dias 25 e 26 de Setembro, em São Paulo, realizando pitchs na presença de parceiros e executivos da empresa.

Os participantes apresentaram ideias de Negócio para as marcas sugeridas com foco em áreas como SMS, varejo mobile, social e aplicativos de celular ou outras similares.

Apresentamos como solução a plataforma paprika (www.paprikamix.me) disponível  para smartphones (android e iOS) que utiliza a tecnologia de Realidade Aumentada (RA) e geolocalização para acrescentar informações virtuais ao mundo real em tempo real, sobre uma determinada área/local em que o usuário utilizar.

Em breve, teremos mais novidades!

eyllo participa do evento Hackathon 1746 da Prefeitura do Rio

Jpeg

Palácio da Cidade pronto para o Hackathon 1746

O grupo paprika, composto pela equipe da eyllo, foi um dos grupos selecionados para desenvolver e apresentar ideias no evento Hackathon 1746, realizado nos dias 31 de agosto e 01 de setembro pela Prefeitura do Rio de Janeiro. O evento foi pensado para reunir desenvolvedores que pudessem ajudar na resolução e melhorias em uma ou mais das quatro principais demandas da Central de Atendimento ao Cidadão 1746: Poda de Árvores, Iluminação Pública, Conservação de Vias e Estacionamento Irregular.

As soluções, que poderiam ser baseadas em apps ou WEB contemplando essas demandas, precisavam ser desenvolvidas durante as 30 horas ininterruptas de evento utilizando bases de dados públicas e a base fornecida pela Central 1746. Participaram do evento 79 pessoas, divididas em 25 equipes, competindo nas categorias Inovação Tecnológica e Criatividade (prêmio de R$5 mil); Mobilização Social (prêmio de R$5 mil) e Grande Prêmio (prêmio de R$10 mil). Também estavam incluídas no prêmio bolsas de estudo em entidades parceiras.

A eyllo apresentou uma solução para Poda de Árvores baseada em web e no aplicativo de Realidade Aumentada paprika. A solução busca facilitar o censo das árvores da cidade através da participação dos cidadãos cariocas.

As equipes que saíram vencedoras foram EXCSI, Namelez e Rio. A equipe Rio ficou com o Grande Prêmio e apresentou uma ideia para diminuir o número de estacionamentos irregulares na cidade.

Mesmo não saindo com um prêmio, a eyllo já está em contato com as áreas responsáveis pela Poda de Árvores na cidade e pretende colaborar para facilitar a preservação das árvores cariocas. Em breve, teremos mais notícias!

 

 

 

Versão 1307: Novidades para iOS

 

paprika-ios

 

→    Abertura mais rápida

A abertura do aplicativo sofreu modificações para que você possa começar a usar o aplicativo de forma mais ágil. Nada de ficar esperando.

→   Você dá a sua nota

Agora, os usuários iOS recebem um lembrete de avaliação na Appstore, que pode ser realizada sem sair do aplicativo. Dê sua opinião e ajude a melhorar o paprika.

→   Usabilidade

Os controles das geotags que contêm áudio são agora independentes da visualização da própria geotag. Ou seja, você pode fechar a geotag de áudio e pode continuar ouvindo as informações enquanto observa outras geotags no espaço a sua volta.

→   Correção de erros

Nesta versão corrigimos alguns erros para melhorar sua experiência com o paprika. Mix your reality!

 

Computação vestível: Google Glass e os óculos do futuro

Parte I 

Você já deve ter ouvido falar do Google Glass, os óculos desenvolvidos pela Google, que podem ser uma mudança de paradigma ao trazer a popularização dos “computadores de vestir”. Além do Glass, muitos outros dispositivos, inclusive outros tipos de óculos, têm sido anunciados como seus concorrentes. Entretanto, veremos neste e em próximos posts como cada um deles funciona e entenderemos o seu objetivo (pelo menos o inicial). As funções são muito diferentes e, como uma nova forma de tecnologia, percebe-se que muitos deles ainda estão com as possibilidades de utilidade em aberto.

>> Se você quer saber mais sobre a história da realidade aumentada móvel não deixe de conferir nossa série de posts sobre o tema aqui.

 

Google Glass (empresa: Google)

O Google Glass é um acessório que consiste em um computador pessoal para ser usado como um óculos. Conta com uma pequena tela posicionada sobre um dos olhos na qual serão projetadas diversas informações de acordo com comandos do usuário. O aparelho vem com câmera e se conecta à internet via wi-fi, mas ainda não é um telefone, e precisa de um smartphone conectado via bluetooth. O usuário pode perguntar sobre o clima, direções, tirar uma foto, compartilhar as informações que está vendo via foto ou vídeo, entre muitas outras funções ainda a serem desenvolvidas.

 

google-glass-info

 

 

No momento, um ano após o anúncio da ideia do produto, ele está nas mãos dos desenvolvedores que buscam cada vez mais criar utilidades e funções inteligentes para dar um sentido real para o seu uso. No vídeo de apresentação dos óculos futuristas, vemos a sugestão do uso do dispositivo em situações em que precisamos estar com as mãos livres, justificando o uso do gadget. Mas, aparentemente, isto é só o início.

 


Download Video with Vixy.net | YouTube to MP3 | Advanced Video Downloader

 

Alguns desenvolvedores e interessados que se inscreveram (e pagaram) para receber o Glass já estão testando o aparelho e experimentando a sua usabilidade e funções disponíveis. Enquanto isso, o mercado de aplicativos se movimenta para não perder a oportunidade e oferecer rapidamente sua versão para Glass.

Recentemente, foi anunciado o desenvolvimento de aplicativos de grandes empresas em versão para Glass, dentre eles: Facebook, CNN, Twitter, Evernote, Revista Elle, além dos muitos serviços Google. Obviamente, é um dispositivo focado nos usuários google, aproveitando as funcionalidades do Google+, como o Hangout, por exemplo.

Rumores alertam que o lançamento do Google Glass para público final pode ser ainda este ano e, como toda novo gadget que se preze não será lançado a preços populares. A princípio, o dispositivo será para poucos eleitos.

> E você? Usaria algo como o Glass? Deixe sua opinião nos comentários.

 

Recon Jet (empresa: Recon)

O Recon Jet é um modelo de óculos mais similar ao Google Glass, mas com uma estrutura mais robusta. O aparelho conta com carcaça resistente, processador dual core, WiFi, GPS, Bluetooth, sensores como acelerômetro, giroscópio, termômetro, entre outros.

O gadget foi feito para resistir a condições climáticas adversas como chuva, neve, granizo e sol forte. No vídeo-conceito apresentado pela empresa Recon, o aparelho aparece sendo usado em atividades específicas como na prática de esportes, uso médico, em salvamentos efetuados por um bombeiro etc.

No entanto, são apenas atividades sugeridas, porque as aplicações ainda estão em desenvolvimento. A empresa está totalmente aberta a novas criações de desenvolvedores que podem sugerir aplicações para a plataforma, que se baseia em Android. O lançamento está previsto ainda para 2013.

 

Smart Glasses M100 (empresa: Vuzix)

O óculos M100 da Vuzix é mais um display hands-free para smartphones do que um óculos de realidade aumentada porque a tela não se apresenta de forma transparente de forma que integre o conteúdo à realidade. Ele acessa as informações do smartphone e a internet, rodando em android. Não fica claro se o usuário poderá executar ações pelo display como no Google Glass ou se ele poderá apenas ter acesso às informações que aparecem no celular.

Foi projetado para ser vestido de várias formas, em qualquer um dos olhos, com o suporte de que pode ser utilizado sobre a orelha, sobre a cabeça ou atrás dela. A tela que ficará em frente ao olho é 16:19, WQVGA, full color. O dispositivo pode efetuar download de aplicativos para Android e pode se conectar a aplicativos Android e iOs via bluetooth e wi-fi.

A funcionalidade mais conectada com o conceito de realidade aumentada fica com o GPS integrado e a capacidade de identificar, através de rastreamento da cabeça, onde o usuário está e para onde ele está olhando. Isto permitiria a interação com o ambiente e objetos próximos. Além disso, o aparelho conta com câmera e permite a captura de fotos e vídeos.

Embora o dispositivo tenha sido apresentado e saído premiado da CES (Consumer Eletronics Show) deste ano, ainda não foi lançado para o mercado.

Confira no site da Vuzix as especificações e seus outros modelos de óculos desenvolvidos pela empresa focados em realidade aumentada.

 

Smart-Glasses-M100

 

Apresentamos aqui algumas opções que estão próximas da comercialização para público final. Existem outros óculos ainda em estágio inicial de desenvolvimento e outras empresas, como a Sony e a Microsoft, que já garantiram suas patentes similares.

Na parte II deste especial, vamos falar um pouco sobre outros óculos que estão agitando o mercado. Não perca!

Top 5

 

Brasil ultrapassa 100 milhões de acessos de banda larga

De acordo com o estudo da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), divulgado nesta quarta-feira, 22, o Brasil ultrapassou a marca de 100 milhões de acessos de banda larga neste mês de maio. O estudo traz dados atualizados sobre o acesso dos brasileiros em desktop e em dispositivos móveis. Segundo a Telebrasil, o crescimento de acessos no último ano foi de 37%. Do total de 100 milhões de acessos, 78,7 milhões são de banda larga móvel e 21,3 milhões de banda larga fixa.

Fonte: Proxxima

 

Smartphones serão mais de 50% do mercado em 2014, diz ministro

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse nesta quarta-feira que o governo federal prevê que em 2014 mais de metade dos aparelhos de telefonia móvel habilitados no país sejam smartphones. O ministro afirmou que a recente desoneração de PIS/Cofins sobre os celulares inteligentes, por exemplo, ajudará a expandir a venda dos aparelhos. “No ano que vem, mais de 50 por cento dos celulares habilitados serão smartphones”, disse ele durante seminário promovido pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).

Fonte: Terra Tecnologia

smartphones

Marcas do setor de tecnologia são as mais valiosas

O ranking das 100 marcas mais valiosas – BrandZ™ Top 100 Most Valuable Global Brands – foi liberado nesta terça-feira (21/05) e inclui nos três primeiros lugares Apple, Google e IBM, respectivamente. Nesse caso, uma troca de cadeiras, já que no ano passado IBM estava em segundo lugar e Google em terceiro. A lista é formada por empresas de múltiplas áreas e atividades da economia incluindo tecnologia, comércio e serviço

A Yahoo está de volta à lista das 100 marcas mais valiosas do planeta, da BrandZ, depois de ter figurado no ranking pela última vez em 2009. A empresa ocupa do 92º lugar do ranking, com valor de marca estimado em 9,83 bilhões de dólares.

Fonte: IDG Now!

 

Yahoo compra tumblr por US$ 1,1 bilhão

É oficial: o Yahoo! acaba de anunciar ter adquirido o Tumblr por US$ 1,1 bilhão. E aos usuários da plataforma, Marissa Mayer, CEO do Yahoo!, avisou: “Prometemos não estragar tudo.” Como previu o AllThingsD, David Karp permanecerá no cargo de CEO, assim como a equipe que trabalha no Tumblr, que continuará sendo o mesmo Tumblr. Ficou claro porque o interesse no serviço. Marissa afirmou que o público do Yahoo! pode crescer em 50%, para mais de 1 bilhão de visitantes mensais, e pode aumentar o tráfego geral em 20%.

Fonte: Olhar Digital

yahoo_compra_tumblr

Jovem cria capacitor que carrega celulares em 30 segundos

Trinta segundos. É esse o tempo que a invenção de uma jovem americana promete demorar para carregar celulares. Premiada pela Intel Foundation, a tecnologia rendeu uma bolsa de estudos no valor de US$ 50 mil a Eesha Khare, de 18 anos. A cerimonia para apontar os jovens cientistas ocorreu na última sexta-feira (17), durante o Isef (Feira Internacional de Ciência e Engenharia da Intel). A jovem criou um capacitor que reduz o tempo de espera de recarga de celulares e outros dispositivos eletrônicos de horas para um período de vinte a trinta segundos.

A vantagem do “supercapacitor” é ser capaz de armazenar uma grande quantidade de energia. Enquanto baterias normais são capazes de sustentar mil ciclos de carga e recarga, a invenção premiada aguenta 10 mil ciclos, afirma Khare.

 

jovem_capacitor_30_segundos

 

Fonte: G1

 

 

História da Realidade Aumentada Móvel

 

Parte VII

Neste capítulo da História da Realidade Aumentada Móvel, vamos tratar dos acontecimentos do ano de 2001. Vamos dividi-los em três partes para facilitar a leitura. Não perca a próxima etapa daqui a 15 dias aqui no blog da eyllo.

2001 (parte I)

O BatPortal, um sistema de RA wireless, baseado em PDA, foi apresentado por Joseph Newman e outros estudiosos. A localização era realizada pela medição do tempo de deslocamento de pulsos ultrassônicos entre dispositivos vestidos pelo usuário, chamado de Bats e receivers instalados de forma fixa no teto em todo o edifício. O sistema pode suportar um sistema baseado em Head Mounted Display ou ainda o mais conhecido como BatPortal através de um dispositivo portátil. Baseando-se na configuração fixa do PDA levado pelo usuário e o Bat vestido por ele, a direção da visão dos usuários era estimada e um modelo da cena com informação adicional sobre o ambiente era renderizado na tela do PDA.

batportal_2

 

No ano de 2001, Kiyohide Satoh e outros três desenvolvedores também apresentaram o TOWNWEAR, um sistema para ambientes externos que usa um giroscópio de fibra ótica para a orientação. O giroscópio de alta precisão é usado para medir a direção da cabeça com 3 graus de liberdade com precisão e mínimo de variação, que é compensada com o uso de rastreamento de detalhes naturais do ambiente capturados por uma câmera.

 

townwear

 

Também neste ano, Jürgen Fruend e seu grupo de pesquisa lançaram o AR-PDA, um conceito para o desenvolvimento de um sistema de RA wireless e um protótipo especial de hardware que coubesse na palma da mão. Algumas ideias de design incluíam: o aumento da imagem real da câmera adicionando objetos virtuais, como por exemplo, a explicação de funcionalidade e interação com equipamentos domésticos.

ARpda

 

 

 

A história das novidades de 2001 continua nas próximas partes…

 

 

Confira as outras etapas da História da Realidade Aumentada Móvel:

 Parte I  -  Parte II  -  Parte III

 Parte IV  - Parte V –  Parte VI