Top 5

 

7º maior mercado de TI, Brasil deve movimentar R$ 300 bilhões em 2013

O setor brasileiro de TI deve manter o mesmo ritmo de crescimento do ano passado e saltar entre 10% e 12% em 2013.

A previsão foi feita pela consultoria IDC e divulgada nesta quarta-feira (26), pela Brasscom – Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Se a meta for alcançada, o país fechará o ano com faturamento de US$ 135 bilhões (R$ 300 bilhões), o que representa pouco mais de 5% do PIB. Para daqui 10 anos, a expectativa é que o país avance 54% e movimente em torno de US$ 250 bilhões (R$ 550 bilhões).

Fonte: Olhar Digital

 

Índia se torna o terceiro maior mercado mundial de smartphones

A Índia deixou o Japão para trás e agora é o terceiro maior mercado de smartphones do mundo, perdendo apenas para a líder China e os Estados Unidos.
A virada é inédita e ocorreu no primeiro trimestre deste ano, conforme dados da Strategy Analytics divulgados hoje pelo TechCrunch.

Nos três primeiros meses de 2013 houve 163% de alta do setor na Índia, que está crescendo quatro vezes mais do que a média mundial (39%). O país se destaca mais rapidamente que China (86% ao ano), Japão (24%), EUA (19%) e quase todos os grandes países.

Os resultados são fruto de melhorias na distribuição adotadas por fornecedores como Apple, Samsung e a empresa local Micromax, que vende aparelhos com Android.

Além disso, a Índia tem uma população grande e crescente e, assim como no Brasil, há uma ascensão da classe média no país.

Índia_smartphones

Fonte: TechCrunch

Venda de PCs cai 10% em um ano no Brasil

O mercado de computadores no Brasil registrou queda de 10% nas vendas no primeiro trimestre de 2013, em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com novos dados da consultoria IDC, os fabricantes venderam 3,4 milhões de computadores no País nos primeiros três meses do ano.

A queda nas vendas atingiu com mais vigor os computadores de mesa, também chamados de desktops. Segundo a IDC, foram vendidos 11% menos desktops no primeiro trimestre do que no primeiro trimestre de 2012 e 9% menos notebooks.

As vendas para consumidores domésticos registradas foram de 2,2 milhões de unidades ou quase 65% do total.

A maior queda, de acordo com a IDC, atinge as vendas para consumidores domésticos, que procuram tablets. “Para quem quer navegar pela internet, consumir conteúdo, ou até mesmo usar algum dispositivo para jogos, por exemplo, os tablets estão sendo preferidos, principalmente os de preços mais acessíveis”, diz Hagge. Enquanto os tablets chegam a preços mais baixos, os computadores sofreram um aumento de preço no período, por conta do aumento do dólar.

Fonte: IG Tecnologia

 

Imersão da classe média no universo mobile irá impulsionar redes sociais no Brasil

Os brasileiros e o ambiente das redes sociais já se conhecem muito bem. Entretanto, segundo a pesquisa “Brazil Social Media: The Mobile Middle Class Goes Social” divulgada nesta semana pelo eMarketer, o número de adeptos brasileiros em mídia social será ainda maior. O estudo aponta que 78,3 milhões de brasileiros estão, de alguma maneira, inseridos neste universo de social – isto representa que 79% dos internautas do país estão presentes nas redes sociais.

Com isso, o eMarketer estima, que até o final de 2013, o Brasil será o lar de quase um terço dos usuários de redes sociais da América Latina. Segundo o relatório, a razão para o crescimento em ritmo acelerado é a imersão, por parte da classe média brasileira, no universo dos dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Com a facilidade de se adquirir um aparelho e as novas possibilidades de banda larga móvel, a população considerada de baixa renda está cada vez mais inserida nestas novas ferramentas, fator que irá aumentar o número de adeptos no ambiente das redes sociais.

 

rede_social

Fonte: proxxima
Operadora coreana estreia primeira rede “super 4G”

A operadora de telefonia coreana, SK Telecom, anunciou oficialmente a estreia da primeira rede pública 4G LTE-Advance, conhecida como “super 4G”.
Até então, somente na Rússia era possível encontrar a rede “super 4G”, mas é preciso pagar para utilizá-la.
Além disso, a operadora confirmou também o lançamento do Galaxy S4 LTE-A, o primeiro dispositivo a trazer suporte para a nova tecnologia de transmissão de alta velocidade de até 150 Mbps.
Segundo a operadora, a pretensão é lançar mais sete aparelhos compatíveis com a rede LTE-A até o final deste ano. Atualmente o “super 4G” está disponível na área de Seul, mas a operadora planeja oferece-la em até 84 cidades pelo mesmo preço cobrado nos planos 4G comuns.

Fonte: Info

Comments are closed.