Estamos sendo acelerados pela Shell!

A shell anunciou as empresas e empreendedores selecionados para fazerem parte do lançamento da aceleradora de energia da Shell LiveWire Brasil.
Dez empresas foram selecionadas para serem aceleradas e receberem 36 horas de treinamento e participar do ecossistema de inovação na área de energia.

O anúncio, em inglês, está em: Shell Livewire Brazil launches energy solutions accelerator

Óculos inteligentes no Brasil?

Há poucos anos, existia grande desconhecimento a respeito de realidade aumentada. Esta tecnologia começou a ficar mais conhecida com a comercialização do Google Glass. Apesar de várias pessoas saberem a respeito do Google Glass, um número reduzido utilizou ou viu um dispositivo destes de perto. Menor ainda é o percentual de pessoas no Brasil, devido ao reduzido número de unidades que aqui chegaram. Após a repercussão inicial das bem sucedidas ações de marketing da Google, o Pokémon Go aproximou mais ainda as pessoas da realidade aumentada. Por ser jogado em smartphones, um número bem maior de pessoas pode experimentar, inclusive no Brasil.

Recentemente, com maior conhecimento sobre a existência da tecnologia, tem aumentado o interesse no Brasil a respeito de soluções de realidade aumentada, principalmente para a indústria. Para muitas aplicações da indústria, é necessário manter as mãos livres, assim existe maior interesse no uso de óculos inteligentes. Uma dúvida recorrente entre as empresas com quem temos trabalhado em conjunto para a realização de provas de conceito e projetos piloto é qual modelo adquirir.

Se você tem acompanhado os artigos recentes que escrevi, dentre outros, descrevi trabalho que realizamos para empresa de elevadores utilizando óculos inteligentes no campo, apresentei artigo da Wired com novos lançamentos, e fiz uma breve análise do Magic Leap One em outro artigo. É importante notar que apesar das notícias sobre estes dispositivos, nem todos são realmente produzidos em escala industrial e comercializados. Menor ainda é a variedade disponível no Brasil.

Acredito que todos que estão testando ou utilizando estes óculos inteligentes no Brasil estão tendo que importar por conta própria. O último modelo disponível no Brasil era o Epson Moverio BT-200 que utilizamos em nosso trabalho de manutenção de campo. A Epson lançõu o Moverio BT-300 para substituir o BT-200, mas ainda não o vi a venda no Brasil.

Você sabe de algum modelo que esteja atualmente à venda no Brasil?

Originalmente publicado em https://www.linkedin.com/pulse/óculos-inteligentes-brasil-enylton-machado-coelho

Digitalização da Produção

Como está a sua estratégia de indústria 4.0 e digitalização da produção?

Estudo da empresa de consultoria McKinsey com empresas na Alemanha, Brasil, China, EUA, França, Índia e Japão identificou que apesar de aproximadamente 70% das empresas pesquisadas dizerem que digitalização é uma prioridade, a maioria enfrente problemas para passar da fase de projeto piloto para produção.

O relatório sugere focar em seis fatores de sucesso em três áreas:
Processo, Infraestrutura e Organização.

Processo:
– Abordar a oportunidade pelo lado do ganho financeiro, ao invés de pelo lado da tecnologia
– Estabelecer uma visão clara e criar um planejamento em fases de como a digitalização criará vantagem competitiva

Infraestrutura:
– Criar no início uma visão das tecnologias que são escaláveis e prontas para coletas de dados analíticos para suportar as fases do planejamento
– Construir um ecossistema de parceiros de tecnologia para gerenciar o desenvolvimento das tecnologias necessárias

Organização:
– Liderar a digitalização do topo e coordene a implementação por vários setores, no lugar de um projeto isolado de TI.
– Construir as habilidades para obter impacto e a cultura para sustentá-lo.

O artigo original, está disponível em https://www.mckinsey.com/business-functions/operations/our-insights/how-digital-manufacturing-can-escape-pilot-purgatory

AT&T comercializará óculos de realidade aumentada nos EUA.

A AT&T, empresa de telecomunicação dos Estados Unidos, anunciou que fará a distribuição dos óculos de realidade aumentada da Magic Leap.

Há alguns anos a Google tentou comercializar diretamente a consumidores finais dispositivos semelhantes chamados Google Glass.
Apesar do limitado sucesso, tornou a realidade aumentada conhecida do público em geral.

Esta associação da AT&T com a Magic Leap será mais bem sucedida que a iniciativa da Google há alguns anos?

A divulgação da AT&T, em inglês, está em:
https://lnkd.in/eb8VUcM

IoT- Camada de Interação

A internet da coisas (em inglês Internet of Things – IoT) é um conjunto de soluções e abordagens quem permite a conexão de aparelhos e equipamentos à internet. Em grandes equipamentos, são instalados sensores que se conectam à rede internet e enviam dados para serem são armazenados em servidores conectados à mesma rede internet.

Os dados gerados em grande quantidade e armazenados nos servidores criam uma representação digital correspondente aos equipamentos físicos que deram origem a estes dados. Muito provavelmente, estes equipamentos foram projetados com a utilização de ferramentas digitais. Desta forma, existe toda uma representação digital do mundo real, desde os modelos utilizados para projetar e construir os equipamentos, bem como os dados correspondentes à utilização de tais equipamentos. Estes modelos e dados digitais formam o gêmeo digital dos equipamentos físicos que existem no mundo real.

Para algumas pessoas, a internet das coisas permitirá uma quase completa automação das atividades, com algoritmos que analisariam a grande quantidade de dados gerados, robôs e maquinas que se auto configurariam e se auto corrigiriam, caso houvesse necessidade. No entanto, para muitas atividade e indústrias, a completa automação pode enfrentar grande resistência seja por questão de custos, complexidade das tarefas, regulamentação, etc.

Outra abordagem é disponibilizar de maneira intuitiva o acesso ao gêmeo digital no próprio local do correspondente físico. Esta abordagem é possível através do uso de tecnologias de realidade aumentada. Desta forma, o gêmeo digital pode ser exibido, sobreposto aos equipamentos e permitir a interação das pessoas com o mundo físico, sendo assim um fator de enriquecimento e potencialização da capacidade da mão de obra.

Tendo em vista o aumento de complexidade dos sistemas, as perdas associadas às paradas dos ativos e o alto custo de treinamento da mão de obra em várias indústrias, o uso de realidade aumentada como camada de interação para as instalações de internet das coisas se apresenta como a solução natural para o aumento da produtividade da força de trabalho.

Este texto foi inicialmente publicado no LinkedIn Pulse

Hololens permitirá acesso a dados das câmeras

A Microsoft anunciou que a atualização do Windows 10 para Hololens permitirá a pesquisadores ativar o Research Mode e ter acesso direto aos dados da câmeras.
Hololens tem quatro câmeras que capturam imagens em tons de cinza, utilizadas para capturar o ambiente.
Também tem uma câmera de profundidade utilizada para capturar gesto do usuário.

Com a nova atualização e permissão para acessar diretamente os dados das câmeras, pesquisadores podem utilizar os algoritmos de visão computacional que já vêm embarcados no dispositivo, tais como SLAM (Simultaneous Localization and Mapping), ou desenvolver seus próprios algoritmos.

O artigo original está disponível, em inglês, no blog da Microsoft Hololens research mode

eyllo é uma das 11 finalistas do Energy Start!

Estamos muito felizes em compartilhar que das mais de 700 empresas que se inscreveram para a chamada, a eyllo foi selecionada como uma das 11 finalistas do programa Enel Energy Start na categoria Investimento.
As vencedoras podem receber investimentos de até R$ 1.500.000 e imersão no hub de inovação da Enel na Califórnia.

O processo seletivo envolveu diversas etapas e se iniciou e 2017.
A última etapa consiste na submissão das propostas das 11 finalistas ao comitê executivo da Enel para avaliação e priorização de investimentos.

A divulgação por parte da Enel pode ser vista na página sobre as finalistas do Energy Start

Qualcomm apresentará novo chip para realidade aumentada

A Qualcomm, empresa americana que fabrica chips para telefones celulares e outros dispositivos móveis, anunciou que durante a Augmented World Expo apresentará novo chip voltado para novos óculos inteligentes para realidades virtual e aumentada.

A finalidade é facilitar o desenvolvimento de novos dispositivos que sejam mais baratos, tenham maior potência e eficiência no uso de energia.
Atualmente, os dispositivos no mercado são relativamente caros e as baterias duram pouco.

Conferência de realidade aumentada nos EUA

De 30 de maio a 1 de junho acontece em Santa Clara, CA a principal exibição da área de realidade aumentada e realidade virtual.
Este ano serão mais de 300 palestrantes e seis palcos.

Se você estiver na região durante este período, o website para se inscrever e ter mais informações é Augmented World Expo (AWE)

Colocaremos aqui as principais novidades!